quarta-feira, 17 de janeiro de 2018

JUPITERIAN - TERRAFORMING

Em 2017, os caras da Jupiterian lançaram o seu recente e espetacular álbum chamado "Terraforming". O contraste brilhante entre melódias mórbidas e vocais guturais criou um atmosfera pesada e bonita, ou seja, o som é pesado, sombrio e lento! Destaque para as faixas "Unearthly Glow" e "Sol". Sem dúvidas, "Terraforming" é o melhor registro da Jupiterian até então. Pintura por Caue Piloto. Excelente álbum! 


In 2017, the Brazilian band Jupiterian released their most recent and spectacular album called "Terraforming". The brilliant contrast between morbid melodies and guttural vocals has created a heavy and beautiful atmosphere, the music is heavy, somber and slow! The highlights in this are "Unearthly Glow" and "Sol". Undoubtedly, "Terraforming" is the best Jupiterian record so far. Painting by Caue Piloto. Excellent album!

Funeral Doom / Death Metal / Sludgecore / Doom Metal - São Paulo - São Paulo - Brasil
Facebook
Metal Archives

terça-feira, 9 de janeiro de 2018

NECROGOSTO - RISE OF SUCCUBUS

LOOKING FOR AN ANSWER - DIOS CARNE

"Dios Carne" é o terceiro álbum da Looking for an Answer e está bem poderoso. Em uma comparação com o álbum anterior chamado "Eterno Treblinka", o novo registro tem a influência e o peso do death metal no som da banda, deixando o grindcore praticado por eles mais visceral e destruidor. Da hora!


"Dios Carne" is the third album of Looking for an Answer and this record is powerful. In comparison to previous album called "Eterno Treblinka", the new record has a heavier influence of death metal than before, that mix with grindcore on this album makes it more destructive and visceral. Cool!

Grindcore / Death Metal - Madrid - Espanha / Spain

segunda-feira, 8 de janeiro de 2018

HELLKRUSHER / VISIONS OF WAR - SPLIT EP

Split muito bom envolvendo duas excelente bandas. Hellkrusher se apresenta com dois novos sons gravados e mixados por Bri (Doom). Visions of War também se apresenta com novos sons e são três no total. Aproximadamente doze minutos de ataque crustcore nos ouvidos. Arte de capa por Stiv of War. 

This is a very good split involving two excellent bands. Hellkrusher presents itself with two new songs recorded and mixed by Bri (Doom). Visions of War also features three new songs. Approximately twelve minutes of crustcore attack in your ears. Cover art by Stiv of War. 

Hellkrusher - Crustcore - Newcastle - Inglaterra / England

Visions of War - Crustcore - Liege / Gent - Bélgica / Belgium

CRUTCHES - SÅLD

"Såld" é o último álbum lançado pela Crutches e é a continuação perfeita de "FörlOrAD", ou seja, agressivo e barulhento. Onze faixas cantadas em sueco e inglês com destaque para "Guerra Social", onde o título e o refrão são em português e conta com a participação nos vocais de Wellington (Remiso), "Med Vilken Rätt?""Såld" (boa influência de Wolfpack), "Madness", "Smittohärden", "Burning Bridges" e "Förnekelse". Com relação a capa feita novamente pelo Stiv, eu digo que os ratos são definitivamente o mascote da Crutches. Para concluir, a Crutches é uma das bandas mais fodas da Suécia que surgiram nesta década e "Såld" é um álbum que prova isso. Muito bom! 


"Såld" is the last album released by Crutches and is the perfect continuation of "FörlOrAD", because it's aggressive and noisy. Eleven tracks with Swedish and English vocals with the exception of "Guerra Social", that has the title and chorus in Portuguese (there are special guest vocals from Wellington [Remiso]), "Med Vilken Rätt?", "Såld" (good influence of Wolfpack), "Madness", "Smittohärden", "Burning Bridges" and "Förnekelse". Regarding the cover art made again by Stiv, I say that mice are definitely the mascot of Crutches. To conclude, Crutches is one of the coolest bands to come out of Sweden in this decade and "Såld" is an album that proves this. Very good!

D-Beat / Crustcore / Raw Punk - Malmö - Suécia / Sweden
Facebook
Blogspot

INCANTATION - LUS SEPULCRI [OFFICIAL LYRIC VIDEO]

sábado, 6 de janeiro de 2018

TAU CROSS - PILLAR OF FIRE

"Pillar of Fire" é o segundo álbum da Tau Cross e eu acreditava que seria uma continuação do primeiro registro que é bem semelhante ao último álbum da Amebix. Pois bem, "Pillar of Fire" segue um caminho diferente agora, no sentido das músicas soarem mais originais e únicas, nas quais é impossível rotulá-las em um estilo musical específico. Em todo caso, você ouvirá e sentirá alguma essência da Amebix, Killing Joke e Voivod nesse álbum. Minhas faixas favoritas são "Deep State", "Pillar of Fire" (a canção mais bonita desse álbum), "Killing The King", "The Big House", "Seven Wheels" e "What Is A Man". Devo salientar que as letras são muito bem escritas e pode parecer loucura da minha parte, mas o conteúdo lírico me fez criar uma associação com os livros da série Game of Thrones escrito pelo George R. R. Martin, o que tornou ainda maior a minha admiração por este álbum. Capa por Costin Chioreanu (Bloodway). Muito bom!

"Pillar of Fire" is Tau Cross's second album and I believed it would be a continuation of the first record that is very similar to Amebix's latest album. Well, "Pillar of Fire" follows a different path now, in the sense that the songs sound more original and unique, so it is impossible to label them with a specific musical style. In any case, you will hear and feel some essence of Amebix, Killing Joke and Voivod on this album. My favorite tracks are "Deep State", "Pillar of Fire" (the most beautiful song of this album), "Killing The King", "The Big House", "Seven Wheels" and "What Is A Man". I must point out that the lyrics are very well written and may sound crazy to me, but the lyrical content made me create an association with the books of the Game of Thrones series written by George R. R. Martin and this made my admiration for this album even greater. Artwork by Costin Chioreanu (Bloodway). Very good!


Crust / Metal / Punk - Escócia / Scotland / Canadá / E.U.A. / U.S.A.
Facebook
Metal Archives

HELVETIN VIEMÄRIT / KUOLEMA - SPLIT 7"

Desgraça! Esse split foi lançado em 2017 e reúne brasileiros e finlandeses. Helvetin Viemärit como sempre arregaçando, nesse split destrói os tímpanos com cinco faixas bem barulhentas ("Mielikuvitusystävät" "Teknologia Ainainen Rutto" também estão na primeira demo). A Kuolema ainda não escutei, pois não tem nada disponível na net. Vou ter que comprar. Capa por Jeferson Pizoni. 


Disgrace! This split was launched in 2017 and brings together Brazilians and Finns. Helvetin Viemärit is always devastating everything, in this split they destroy your eardrums with five very noisy tracks ("Mielikuvitusystävät" and "Teknologia Ainainen Rutto" are also in the first demo). I didn't listen to Kuolema because they didn't make the songs available on the internet. I will have to buy it. Cover art by Jeferson Pizoni. 

Finnish Hardcore / Punk / Noise - São Paulo - São Paulo - Brasil
Facebook

BEHEMOTH - INNER SANCTUM

ANTISECT - LIVE IN NORWICH BARN 1987

sexta-feira, 5 de janeiro de 2018

DOOM - CORRUPT FUCKING SYSTEM

Desde "World of Shit" lançado em 2001, a DooM não lançava nenhum full-length álbum com sons inéditos e em dezembro de 2013 os caras liberam através do seu bandcamp o oitavo álbum chamado "Corrupt Fucking System". Álbum insano, casca grossa e sem firulas. Do início ao fim tu escutará crustcore violento sem nenhuma tendência moderna, ou seja, a sujeira continua intacta. Composto por catorze faixas, "Corrupt Fucking System" contém algumas participações especiais como Andy T. em "Prey for Our Souls", Fag Ash Lil em "Corrupt Fucking System", Charlie Claesson em "Yes, They Still Test on Dogs!". Porra, sem sombra de dúvidas todos os barulhos e letras estão fodas pra caralho, se encaixam perfeitamente no contexto. Valeu DooM!!!


Since the release of "World of Shit" in 2001, DooM did not release any full-length albums with unreleased songs. In December 2013, through bandcamp, the guys released their eighth album called "Corrupt Fucking System". This album is insane, noisy and void of commercialism. From beginning to end you hear violent crustcore without any modern trends, therefore the musical dirt remains intact. Composed of fourteen tracks, "Corrupt Fucking System" contains some special guests including, Andy T. on "Prey for Our Souls", Fag Ash Lil on "Corrupt Fucking System", Charlie Claesson on "Yes, They Still Test on Dogs!". Damn, without a doubt all the noise and lyrics are excellent and fit perfect with reality. Thanks, DooM!!!

Crustcore - Halifax - Inglaterra / England
Facebook
Website

domingo, 31 de dezembro de 2017

WILT - WILT

"Wilt" é novo álbum lançado pela Wilt em 2017 e este registro está extremamente apocalíptico e pesado. "Wilt" é um álbum totalmente diferente do registro anterior chamado "Reclamation", onde as músicas eram uma mistura muito boa de crust metálico com industrial. Nesse álbum, a Wilt apostou na agressividade e na destruição musical, na qual a brutalidade do death metal está aliada ao crust. Na nova era, a banda soa extremamente brutal e vai agradar admiradores de Sanctum, Filth of Mankind, War Master, Immolation, Bolt Thrower, Sepultura ("Territory" foi uma dos sons que eles fizeram que eu mais escutei na vida. Excelente escolha!), death metal e crust em geral. Devo também destacar a performance do baterista Brian que é simplesmente avassaladora (pedais duplos magníficos). Sem sombra de dúvidas, "Wilt" é um dos melhores álbuns lançados em 2017. Meramente espetacular! Parabéns! Wilt: Zach (vocal e guitarra), Heather (baixo), Greg (guitarra) e Brian (bateria). 

"Wilt" is the new album released by Wilt in 2017 and this record is extremely apocalyptic and heavy. "Wilt" is an entirely different album from the previous record called "Reclamation", where the songs were a very good mix of metallic crust and industrial. In this album Wilt created very aggressive and destructive songs, in which the brutality of death metal is perfectly associated with crust. In the new era, the band sounds extremely brutal and will please fans of Sanctum, Filth of Mankind, War Master, Immolation, Bolt Thrower, Sepultura ("Territory" was one of their songs that I listened to the most in my life. Excellent choice!), death metal and crust in general. I must also highlight the performance of drummer Brian who is simply badass (magnificent double pedals). Without a doubt, "Wilt" is one of the best albums released in 2017. Merely spectacular! Congratulations! Wilt: Zach (vocals and guitars), Heather (bass), Greg (guitars) and Brian (drums).

Crust / Death Metal - Seattle - Washington - E.U.A. / U.S.A.

SOCIAL CHAOS - VICIOUS [OFFICIAL LIVE VIDEO AT LONDRINA JUNE 2017]

sábado, 30 de dezembro de 2017

SEPULTURA - GIANTS OF ROCK FESTIVAL [HAMEENLINNA, FINLAND 1991]

Sepultura estava no auge nessa época, os caras estavam no gás total, não tinha pra Slayer e nem pra ninguém. Imagino que os caras das bandas finlandesas que nós gostamos estavam todos aí. Força, energia e intensidade no mesmo pique daquele show em Barcelona. Qualidade de áudio e vídeo muito boas em um mar de cabeças amarelas refrescadas por água. Foda!


Sepultura was at the apex of their career at this time, the guys were at full power, it would be useless to compare them with Slayer or some other band. I imagine the guys from the Finnish bands that we liked were all at this festival. The strength energy and intensity is on the same level as the old show recorded in Barcelona. Very good audio and video quality in a sea of yellow heads refreshed by water. Badass!

Thrash Metal - Belo Horizonte / São Paulo - Minas Gerais / São Paulo - Brasil
Facebook
Flickr
Homepage
Instagram
Twitter
Metal Archives

RATOS DE PORÃO - SQUAT LE WAGON 1999 [SAINT BRIEUC - FRANCE]

NUNCA - KÂNON I

Lançado também em 2017, "Kânon I" é o terceiro e o novo registro da Nunca. Ao contrário de "Tomo", "Kânon I" não soa como o death metal sueco (influência no segundo registro) e sim, em algo mais voltado pro hardcore, crust e black metal, sendo essas as características marcantes da Nunca. Das oito faixas que compõem este registro, eu destaco "Acalanto", "Yami No Shison" e "Irreversível". Em suma, mais outro bom lançamento da Nunca.


Also released in 2017, "Kânon I" is the third and newest record from Nunca. Unlike "Tomo", "Kânon I" does not sound like Swedish death metal (influence on the second record) but rather something more hardcore, crust and black metal, thus defining the characteristics of Nunca on this record. Of the eight tracks that make up this record, I highlight "Acalanto", "Yami No Shison" and "Irreversível". In short, another good launch for Nunca.

Blackened Crust / Hardcore - Araras - São Paulo - Brasil

PMMA - DRAW THE LINE [EP]

"Draw The Line" é o EP de quatro faixas lançado pela PMMA em 2017. Bem, nesse EP o som dos sintetizadores são o grande destaque deste registro, onde as músicas são uma mescla de death rock com punk. 


"Draw The Line" is the four-track EP released by PMMA in 2017. On this EP the sound of the synthesizers is the highlight of the record and the songs are a mixture of death rock with punk.

Death Rock / Dark Punk - Calgary - Alberta - Canadá

domingo, 24 de dezembro de 2017

GANGRENA GASOSA - TERNO DO ZÉ

URSINNE - SOMETHING WICKED THIS WAY COMES

SOCIAL CHAOS - LIVE AT SIGNOS PUB [PORTO ALEGRE, RS, BRASIL - 16.12.2017]

SKID RAID - DEMO 2017

Skid Raid é uma nova banda mexicana e essa é sua primeira demo. Nas duas faixas que possui esta demo, você escutará black metal com influência punk. Massa!

Skid Raid is a new Mexican band and this is their first demo. On the two track of this demo, you will hear black metal with punk influence. Cool!

Black Metal / Metal Punk - México

sábado, 23 de dezembro de 2017

SLUTET - LABIL

Slutet é uma nova banda sueca formada por membros da 3-Way Cum, Warcollapse e Unarmed. O som da Slutet é um crustcore pesado com bons riffs de guitarras agressivos, cadenciados e com melodias, lembrando em determinados momentos a banda americana Tragedy. Os dois tipos de vocais também dão um ritmo bem dinâmico nas músicas. "Labil" é o segundo álbum da Slutet e vai agradar admiradores das bandas citadas, hardcore e crust punk em geral. Só tenho a dizer que esse trem é muito bom! Slutet: Jalle (vocais), Peter (vocais), Ea (guitarra), Emil (guitarra) e Olof (bateria).


Slutet is a new Swedish band made up of members from 3-way Cum, Warcollapse and Unarmed. The sound of Slutet is heavy crustcore with good guitar riffs that are aggressive, with a cadence of melodies, sometimes reminiscent of the American band Tragedy. The two types of vocals also give a very dynamic rhythm in the songs. "Labil" is Slutet's second album and will please fans of the aforementioned bands and fans of hardcore, crust and punk in general. All I have to say is this is absolutely great! Slutet: Jalle (vocals), Peter (vocals), Ea (guitar), Emil (guitar) e Olof (drums).

Crustcore - Suécia / Sweden
Facebook

DORSAL ATLÂNTICA - BELO MONTE

quarta-feira, 20 de dezembro de 2017

SVAVELDIOXID - KRIGETS BRUTALITET [EP]

Lançado em 2017, "Krigets Brutalitet" é um EP que possuí cinco faixas muito fodas. Crustcore brutal ala Disgust e Disfear antigo. Gravado, mixado e masterizado por Jocke Rydbjer (Wolfbrigade). Fodido!

Released in 2017, "Krigets Brutalitet" is an EP that has five very good tracks. Brutal crustcore similar to Disgust and old Disfear. Recorded, mixed and mastered by Jocke Rydbjer (Wolfbrigade). Badass!

Crustcore / D-Beat - Estocolmo - Stockholm - Suécia / Sweden
Facebook

NAPALM RAID - WHEEL OF WAR

"Wheel of War" é o mais novo álbum da Napalm Raid e está tão explosivo e barulhento quanto os registros anteriores. Onze faixas caóticas com guitarras com distorções infernais, bateria e baixo com ritmos ensurdecedores. Não preciso dizer mais nada, isso é simplesmente muito bom! Crust pra caralho!


"Wheel of War" is Napalm Raid's newest album and it is as explosive and noisy as previous records. Eleven chaotic tracks with distorted guitars from hell, drums and bass with deafening beats. I don't need to say anything else, It's just very good! Crust as fuck!

Crust / Crustcore - Halifax - Nova Scotia - Canadá
Facebook
Blogspot

SON OF A WITCH - MELTING OCEAN [NEW SINGLE]

SHOW OF BEDLAM - TÆLUS

KONTATTO - FINO ALLA FINE

A cena hardcore/punk italiana é repleta de bandas legais que influenciaram muitas pessoas ao redor do mundo e a Kontatto é uma delas. "Fino Alla Fine" é o mais recente álbum deles e é um álbum energético e empolgante, soando exclusivo e original, principalmente em relação as guitarras. As minhas faixas favoritas são "Liberi Armati Pericolosi", "Avete Perso" (rápida e agressiva, tipo Ratos de Porão), "Sono Un Clandestino", "Fino Alla Fine" (belas guitarras!), "Picci" e "Spettri Di Morte". A capa desse álbum foi feita por Stiv (Visions of War e Voidfiller). Pra finalizar, "Fino Alla Fine" é um álbum que estimula e incentiva a quebrar as correntes da manipulação. Seja livre! Punk até o fim!

The Italian hardcore/punk scene has several cool bands that have influenced many people around the world, Kontatto is one of them. "Fino Alla Fine" is their latest album. This album is energetic and exciting with a unique and original sound especially coming from the guitars. My favorite tracks are "Liberi Armati Pericolosi", "Avete Perso" (fast and aggressive, similar to Ratos de Porão), "Sono Un Clandestino", "Fino Alla Fine" (beautiful guitars!), "Picci" and "Spettri Di Morte". The cover art of this album was made by Stiv (Visions of War and Voidfiller). In conclusion, "Fino Alla Fine" is an album that stimulates our minds and encourages us to break the chains of manipulation. Be free! Punk til the end!

Hardcore / Punk / D-Beat / Crust - Bolonha / Bologna - Itália / Itlay
Facebook

terça-feira, 19 de dezembro de 2017

ADRESTIA - THE ART OF MODERN WARFARE

Adrestia é uma nova banda sueca que é formada por membros da Shades of Grey, Future Ruins, Håll Keft e Snake Tongue. "The Art of Modern Warfare" foi lançado em 2017 e o som da Adrestia é uma mistura de crust punk com death metal, na qual vai agradar admiradores de ambos os gêneros e Martyrdöd. Adrestia é uma banda massa e com boas idéias em suas letras e vale a pena conferir o som deles caso você ainda não ouviu.

Adrestia is a new Swedish band made up of members from Shades of Grey, Future Ruins, Håll Keft and Snake Tongue. "The Art of Modern Warfare" was released in 2017 and Adrestia created a sound that is a mix of crust punk and death metal, which will appeal to fans of both genres and Martyrdöd. Adrestia is a nice band with thought provoking lyrics, they're definitely worth checking out if you haven't yet.


Crust Punk / Death Metal - Suécia / Sweden

INSCTINCT OF SURVIVAL - TO FORGET @ NOMIKI, ATHENS 16.12.17

SVAVELDIOXID - TREBLINKA BELZEC SOBIBOR

SHOW OF BEDLAM - TRANSFIGURATION

Neste últimos anos, o Canadá tem apresentado para o mundo bandas muito legais. Ao escutar Show of Bedlam, eu senti essa loucura que é a música deles. Não existe um rótulo específico para essa banda, pois eles misturam de forma brilhante avantgarde, doom metal, sludgecore, post-metal com vibrações caóticas da música industrial, resultando em um som insano, pesado e colossal. "Transfiguration" foi lançado em 2017 e destaco as faixas "Blue Lotus" (essa faixa soa em alguns momentos como Mayhem no álbum "Grand Declaration of War") e"Hall of Mirrors". O nome da banda está associado ao Hospital Real de Bethlem localizado em Londres, sendo o hospital psiquiátrico mais antigo do mundo. Em suma, "Transfiguration" é um dos registros mais interessantes lançados em 2017. 

In recent years a lot of very cool bands have come out of Canada. While listening to Show of Bedlam, I felt some kind of madness from their music. There is no specific label for this band because they brilliantly mix avant-garde, doom metal, sludgecore and post-metal with chaotic vibrations of industrial music, resulting in an insane, heavy and colossal sound. "Transfiguration" was released in 2017 and has two tracks worth mentioning, "Blue Lotus" (this track at certain moments sounds like Mayhem on the album "Grand Declaration of War") and "Hall of Mirrors". The band's name is associated with the Bethlem Royal Hospital located in London, the oldest psychiatric hospital in the world. In short, "Transfiguration" is one of the most interesting records released in 2017.

Avantgarde / Doom Metal / Sludgecore / Post-Metal - Montreal - Quebec - Canadá
Facebook
Metal Archives

ABBATH - IN MY KINGDOM COLD [LIVE AT KILKIM ŽAIBU 18]

KREATOR - HORDES OF CHAOS

segunda-feira, 18 de dezembro de 2017

SINISTER - THE SCIENCE OF PROPHECY

HUMO - DEMO CS

Mais outra banda legal da Filadélfia e se chama Humo. Bem, quatro faixas neste demo onde os caras tocam d-beat/hardcore/raw punk cantando em espanhol (vocais com delay). 


Another cool band from Philadelphia called Humo. Well, this demo has four tracks and the guys play d-beat/hardcore/raw punk and have Spanish vocals (with delay).

D-Beat / Hardcore / Raw Punk - Filadélfia / Philadelphia - Pensilvânia / Pennsylvania - E.U.A. / U.S.A.

domingo, 17 de dezembro de 2017

TRIAGE - POWER BEAT

Dentre tantas novas bandas que vem surgindo em todos os cantos do mundo, a Triage é mais uma que se destaca. Digo isso no sentido deles misturarem hardcore/punk com metal, mas eles não soam como as bandas de crossover ou metal punk. O som da Triage é uma mistura poderosa de bandas como Death Side, Gauze, Bastard, Metallica e Slayer com vocais femininos. "Power Beat" foi lançado em 2016 e contém cinco faixas com riffs metálicos soando agressivo, rápido e pesado. Fuck hardcore, this is power beat!


Among so many new bands that have been appearing in all corners of the world, Triage is a group that stands out. I say this because they mix hardcore/punk with metal but they don't sound like a typical crossover or metal punk band. The sound of Triage is a powerful mix of bands like Death Side, Gauze, Bastard, Metallica and Slayer with female vocals. "Power Beat" was released in 2016 and contains five tracks with metallic guitar riffs sounding aggressive, fast and heavy. Fuck hardcore, this is power beat!

Power Beat / Hardcore / Punk / Thrash Metal - Toronto - Ontário - Canadá

ALEMENT - THE HUNTER

Conheci a Alement no início desse ano e achei o som deles muito fodido! "The Hunter" foi lançado em 2017 e o que os caras tocam é stenchcore/crust com influências metálicas. Três faixas que vão agradar quem curte Axegrinder, Hellbastard, Zygote, Instinct of Survival, thrash metal e goró. Axegrinding Drunks! Foda!


I listened to Alement for the first time earlier this year and I think their music is great. "The Hunter" was released in 2017 and what these guys play is stenchcore/crust with metallic influences. The three tracks on this record will please people who like Axegrinder, Hellbastard, Zygote, Instinct of Survival, thrash metal and booze. Axegrinding Drunks! Great!

Stenchcore / Crust / Thrash Metal - Filadélfia / Philadelphia - Pensilvânia / Pennsylvania - E.U.A. / U.S.A.
Facebook

JUPITERIAN - URN [EP]

"URN" é um EP com apenas duas faixas. Essa duas músicas são covers de bandas como Anathema e Black Sabbath. Tela por Cauê Piloto. Massa!

"URN" is a two tracks EP. These two tracks are covers songs by bands like Anathema and Black Sabbath.  Painting by Cauê Piloto. Cool!

Funeral Doom / Death Metal / Sludgecore / Doom Metal - São Paulo - São Paulo - Brasil
Facebook
Metal Archives

ALLERGY - SMOG

Allergy é uma nova banda americana e "Smog" é o seu último registro lançado em 2017. Onze faixas bem barulhentas influenciadas por Chaos UK e Confuse. Da hora!


Allergy is a new American band and "Smog" is their last record released in 2017. Eleven noisy tracks influenced by Chaos UK and Confuse. Cool!

Hardcore / Punk / Noisepunk / Raw Punk - Gainesville - Flórida - E.U.A. / U.S.A.
Discogs